MÃE DAS CRIANÇAS

ea0e9d60-3f87-4db5-a59a-2002cd172665O Evangelista João trata da mulher que deu à luz uma criança, mas foi perseguida pelo dragão. A vitória dela se deu com a ajuda divina (Cf. Apocalipse 12,1-16). O autor mostra, com linguagem metafórica, a perseguição da Igreja que apresentava Cristo à comunidade. Mas a batalha é vencida com a ajuda do Divino Mestre. A liturgia da Igreja faz a comparação com Maria, que nos trouxe o Salvador. Com Ele vencemos qualquer batalha, pois, é o Deus-conosco!

Maria é figura exponencial no plano divino de nossa salvação. Sem ela Deus teria que inventar outro meio extraordinário para vir até nos. Se Ele a escolheu, é porque viu ser o instrumento mais importante para nos salvar. A salvação objetiva, isto é, a ponte de ligação do humano com o divino, qual nova aliança, se fez com a vinda do Filho por Maria, em bem da humanidade de todos os tempos. Mas a salvação subjetiva, isto é, aplicada a cada um, depende dos corações abertos à aceitação da graça. Por isso, o próprio Jesus fala da abertura do coração para essa aceitação, como a do coração de criança: “Deixai vir a mim as crianças; não as impeçais! Porque dos que são como elas é o reino de Deus…. Quem não receber o reino de Deus como uma criança, não entrará nele”(Marcos 10, 14-15).

Nessa dimensão da criança somos todos convidados a entrar no coração de Deus, tendo atitude de simplicidade, verdade, sinceridade, pureza de intenção, confiança em Deus, aceitação da ternura do Senhor para conosco, comportamento coerente com a fé, obediência e abertura à ação do Espírito Santo em nossa vida e abertura para amar o semelhante como nosso irmão. Maria é mãe do Emanuel. É nossa mãe. Somos as crianças que acolhemos seu afago e seu amor. Com ela somos capazes de amar seu Filho para nos parecermos com Ele e realizarmos o que Ele realizou e nos propõe a também fazê-lo!
Quando nos tornamos crianças do Reino de Deus, superamos nossos problemas existenciais, com capacidade para os encaminharmos a solução adequada. Afinal, qual criança nos braços da mãe, temos segurança e nos sentimos protegidos. Ela não nos abandona, como não abandonou Jesus e foi com Ele por toda a sua missão e o viu glorificado e vencedor. Nas bodas de Caná ela provou sua ascendência materna para que seu Filho realizasse a transformação da água em vinha em bem da festa de casamento (Cf. João 2,1-11). Seu papel de intercessora tem feito grande parcela da população, através dos tempos, invocá-la e tem obtido êxito em suas preces. Haja vista a realidade do povo em romaria ao seu santuário nacional de Aparecida e tantos outros lugares de manifestação de fervor religioso do povo espalhado pelo mundo!

As crianças na realizada existencial e cronológica nos fazem comprometer-nos com seu presente e seu futuro, para as ajudarmos a serem eternas também na idade das atitudes que Jesus louva. Assim, todos serão, de fato, infantes no amor a Deus e na vontade de sempre realizarmos seu projeto de amor.

Como crianças, no sentido falado por Jesus no Evangelho, queremos também suplicar a Deus por tantas crianças que padecem inúmeros maltratos, agressões, explorações e vida indigna para quem é filho amado de Deus. Poderemos superar isso com o coração de criança voltado ao que Deus nos pede. Ele sempre nos valoriza e deixa que façamos nossa parte pelo bem presente e futuro de nossas crianças, com a promoção de atitudes de pessoas, grupos e de políticas públicas que protejam nossos meninos e meninas de todo o mal e possam ter uma vida de qualidade e serem amados de verdade!

Autor:

Dom Jose Alberto Moura

Dom José Alberto Moura
Arcebispo de Montes Claros (MG)

 

 

Fonte:

CNBB

Anúncios

Um comentário sobre “MÃE DAS CRIANÇAS

  1. Nossa Senhora Mãe de toda a humanidade, dai Paz este mundo tão necessitado da sabedoria e aceitação daquele que morreu por cada um de nós! Salvai o jovens do mundo inteiro de todos os tipos de males Amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s