COMO SURGIU A ORAÇÃO ” REGINA COELI “

25-ene-tibre-rome

Detalhe da Ponte sobre o Rio Tibre, ao fundo a Basílica de São Pedro/Vaticano

Era o ano 590, em Roma. Já devastada por um transbordamento do Tibre, que havia alagado a cidade reduzindo-a à fome, irrompeu uma terrível peste.
Para aplacar a cólera divina, o Papa S. Gregório Magno ordenou uma litania septiforme.
Isto é, uma procissão geral do clero e da população romana, formada por sete cortejos que confluíram para a Basílica Vaticana.
Enquanto a grande multidão caminhava pela cidade, a pestilência chegou a um tal furor, que no breve espaço de uma hora oitenta pessoas caíram mortas ao chão.

Mas S. Gregório não cessou um instante de exortar o povo para que continuasse a rezar, e que diante do cortejo fosse levado o quadro da
santa-maria-in-ara-coeli

Quadro dell’Aracoeli, autoria atribuída ao Evangelista São Lucas

Virgem que chora, do Ara Coeli, pintado pelo evangelista S. Lucas.

Fato maravilhoso: à medida que a imagem avançava, a área se tornava mais sã e limpa à sua passagem, e os miasmas da peste se dissolviam.
Junto da ponte que une a cidade ao castelo, inesperadamente ouviu-se um coro que cantava, por cima da sagrada imagem: “Regina Coeli, laetare, Alleluia!”, ao qual S. Gregório respondeu: “Ora pro nobis Deum, Alleluia!”. Assim nasceu o Regina Coeli.
Após o canto, os anjos se colocaram em círculo em torno do quadro. São Gregório Magno, erguendo os olhos, viu sobre o alto do castelo um anjo exterminador que, após enxugar a espada, da qual escorria sangue, colocou-a na bainha, como sinal do cessamento do castigo.
Como recordação, o castelo ficou conhecido com o nome de Sant’Angelo. Em sua mais alta torre foi posta a célebre imagem de São Miguel, o anjo exterminador.
RomaCastelSantAngelo-2

Detalhe da ponte sobre o Rio Tibre, ao fundo o Castelo Sant’Angelo, com a imagem de São Miguel Arcanjo no topo do Castelo

Desde o meio dia do Sábado Santo até o meio dia do Sábado que precede a festa da SS. Trindade, em vez do Angelus, reza-se, de pé, o Regina Caeli:
(Português Brasil)

 

V. Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia.
R. Porque quem merecestes trazer em vosso puríssimo seio, aleluia.
V. Ressuscitou, como disse, Aleluia
R. Rogai a Deus por nós, aleluia.
V. Exultai-vos e alegrai-vos, ó Virgem Maria, aleluia.
R. Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia.

 

Oremos. Ó Deus, que vos dignastes alegrar o mundo com a ressurreição do vosso Filho Jesus Cristo, Senhor Nosso; concedei-nos, nós vos suplicamos, que, por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos os prazeres da vida eterna. Pelo mesmo Cristo senhor nosso. Amém.

 

(Latim)

 

V. Regina Caeli, laetáre,alleluia.
R. Quia, quem meruisti portáre, alleluia.
V. Resurréxit, sicut dixit, alleluia.
R. Ora pro nobis Deum, alleluia.
V. Gáude et laetáre, Virgo Maria, alleluia.
R. Quia surréxit Dominus vere, alleluia.

 

Oremus. Deus qui per resurrectiónem Filii tui Dómini nostri Jesu Cristi, mundum laetificáre dignatus es; praesta, quaesumus, ut per ejus Genitricem Virginem Mariam perpétue capiámus gáudia vitae. Per eumdem Christum Dóminum nostrum. Amen.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s