A assunção de Maria

Ela espera por nós!

Imaginemos nossa mãe terrena, ou uma mãe amorosa de muitos filhos. Ela os cria com amor, vela seu sono, cura seus machucados, os alimenta com carinho, e os educa na lei dos homens e de Deus, para que sejam bons.

Os filhos crescem e cada um segue sua vocação, busca sua realização e constrói sua própria vida e sua própria família.

A Mãe, porém, nunca deixa de sonhar e desejar reunir toda a família, aumentada com a chegada dos netos, ao redor de sua mesa para viverem dias felizes de amor e unidade.

Com a Mãe do céu acontece a mesma coisa, Maria a Mãe de Jesus, que no meio dos sofrimentos da cruz, lhe entregou todos os seus discípulos, na pessoa do Apóstolo João, como seus filhos, também nos espera no céu.Os fatos miraculosos atravessam os tempos mostrando a proteção e intercessão de Maria por seus devotos fiéis, alcançando de Deus para eles cura de doenças e a salvação eterna.

No dia 15 de agosto, celebramos a Assunção de Nossa Senhora. Isto é a elevação de Maria ao céu, de corpo e alma.

Além de Maria, apenas Jesus se elevou ao céu, levando consigo o corpo que assumira no seio virginal de Maria. Os outros mortais deverão esperar a ressurreição do último dia para que o seus corpos possam voltar a se unir à alma, no gozo do céu ou na maldição do inferno.

Maria teve uma série de privilégios. Inspirada por Deus ela cantou: “Desde agora as gerações hão de chamar-me de Bendita, pois o Senhor fez em mim coisas maravilhosas, e santo é o seu nome” (Lc 1, 48-49).

Os privilégios de Maria se devem à vontade de Deus Pai, que desejou preparar para seu Filho, Mãe que fosse digna dele.

Por isso os privilégios começam com a concepção imaculada de Maria (Imaculada Conceição) e prosseguem na pureza de toda a sua vida sem pecado, e na preservação da sua virgindade. Maria concebeu o Filho de Deus por ação do Espírito Santo (Cf. Lc 1,35), e o deu à luz permanecendo sempre virgem. A conclusão dos privilégios é a Assunção, pois um corpo que jamais foi manchado por pecado algum, não deveria sofrer a decomposição ocasionada pelo pecado original de Adão e Eva.

Portanto nossa Mãe querida já esta na Casa do Pai, e espera ansiosa e carinhosa a chegada dos seus outros filhos, que recebeu de Jesus aos pés da cruz.

Na Diocese de Umuarama, esta foi a Festa de Nossa Senhora escolhida para ser feriado. Dia 15 de agosto, portanto, é Dia Santo de Guarda, e assim como nos domingos, todos os católicos devem santificá-lo, antes de tudo, participando da Santa Missa, Feliz festa da Assunção. E lembrem-se de que Maria espera que sejamos fiéis a Deus para um dia estarmos com ela no céu.

 

 

 

 

 

 

Dom José Maria Maimone
Bispo de Umuarama (PA)
Fonte: CNBB

Anúncios

Um comentário sobre “A assunção de Maria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s