Santuário evoca terceira aparição do Anjo

O Santuário de Fátima vai evocar a terceira e última aparição do Anjo, aos pastorinhos, na Loca do Cabeço, no Outono de 1916, a 29 de Setembro de 2011. O programa tem início às 21h30 com a recitação do Rosário na Capelinha das Aparições. Os peregrinos seguem, rezando o terço, em procissão até aos Valinhos.

Nas «Memórias», a irmã Lúcia não esclarece com exactidão a data em que ocorreu a terceira e última aparição do Anjo. Sabe-se que decorreu no Outono. No primeiro ano do ciclo comemorativo de sete anos até ao centenário das aparições (2017) e dedicado às aparições do Anjo, subordinado ao tema «Santíssima Trindade, adoro-vos profundamente», o Santuário de Fátima assinalou os três momentos em que o Anjo de Portugal falou com os videntes.

Na primeira e terceira aparição, o Anjo falou com Lúcia, Francisco e Jacinta, na Loca do Cabeço. Na segunda, que decorreu em Agosto de 1916, fê-lo no poço do Arneiro, junto à casa da Lúcia. Este percurso, de vista e peregrinação aos três locais, o peregrino pode fazê-lo num itinerário próprio que tem início junto à rotunda sul e que coincide com o início do caminho da Via –Sacra. Ali, em diversas línguas, poderá retirar um folheto que servirá de guia para esta peregrinação.

Na terceira aparição, na Loca do Cabeço, os pastorinhos encontravam-se a rezar a oração que o Anjo lhes ensinou, quando este lhes apareceu, apresentando-se com um cálice na mão esquerda e uma hóstia na mão direita sobre o cálice e da qual caiam pingas de sangue. O Anjo ajoelhou, junto dos três videntes, deixando a hóstia e o cálice suspensos no ar e ensinou-lhes a oração: «Santíssima Trindade Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-vos profundamente e ofereço-vos o preciosíssimo corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do seu Sacratíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-vos a conversão dos pobres pecadores».

Depois, o Anjo deu a hóstia a tomar a Lúcia e o conteúdo do cálice ao Francisco e à Jacinta dizendo: «Tomai e bebei o corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo horrivelmente ultrajado pelos homens ingratos. Reparai os seus crimes e consolai o vosso Deus». De seguida, ajoelhou de novo junto dos videntes e rezaram por três vezes a oração que tinha acabado de lhes ensinar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s