Invocação Mariana: Nossa Senhora de Buglose

À margem direita do rio Adour, a 12 km de Dax, foi erigida a antiga capela de Nossa Senhora de Buglose, porém Nossa Senhora não tinha ainda este título.

Tendo Joana d’Albret ordenado a destruição dos oratórios das zonas rurais, alegando que só serviam para tolas superstições, a imagem de Nossa Senhora venerada nessa capela só pôde ser salva do incêndio e escondida; mas só muito tempo depois foi encontrada em uma fonte, informa a lenda, por um boi.
Deste pormenor se originou o título dado à imagem, formado de duas palavras gregas significando “langue de boeuf” (língua de boi), daí Buglose. O lugar também tomou este nome.
Luís XIII mandou reparar a capela incendiada, mais tarde substituída por uma igreja de três naves, que possui atualmente um carrilhão de 64 sinos.
Os Padres Lazaristas assumiram o encargo da conservação da igreja e da organização das peregrinações durante 87 anos.
Buglose foi um centro de regeneração cristã.
Os milagres se multiplicaram aí durante anos, tendo um grande número de enfermos recuperado a saúde nesse lugar bendito, como atestam numerosos processos verbais.
Há, perto do santuário, uma fonte milagrosa, na qual esteve escondida a imagem, dizem, durante 50 anos.
Nossa Senhora de Buglose foi coroada em 1866.
As peregrinações a este santuário são realizadas em maio e de 8 a 15 de setembro, oitava da Natividade.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s